Voltar para página inicial  

Terapias

  1. Distúrbios orofaciais (ATM)
  2. Distúrbios vasculares, Linfedema e pós-cirúrgico de varizes
  3. Laserterapia
  1. Pré e Pós Operatório de Cirurgia Plástica
  2. Terapias Manuais
  3. Tratamento pré e pós-parto
 

Laserterapia

 

O laser é uma energia em forma de luz que pode tanto agredir o tecido biológico quando induzir seu restabelecimento fisiológico. O que determina isto, é a intensidade de energia depositada sobre a célula.


A AÇÃO DO LASER NO ORGANISMO


Sendo energia pura, e de alta intensidade, ao aplicar nos pontos, esta energia é absorvida pela célula promovendo diversas reações químicas no tecido. Todas estas reações modulam todas as atividades do organismo para curar os males. Daí dizer-se que o laser é Biomodulador tecidual.


QUAL A VANTAGEM DA LASERTERAPIA

É a única terapia onde a célula é alimentada pela energia da luz. Ou seja, além de ativar os processos químicos que induzem a cura, a célula doente envolvida no processo, se recupera, promovendo um restabelecimento rápido e duradouro.


ILIB - TÓPICA (irradiação do sangue intravascular com laser)


Técnica russa modificada no Brasil (INCOR) onde é irradiado um vaso sanguíneo topicamente, e se consegue produzir um efeito foto químico que age sistemicamente, pela produção da metaloenzima SOD ZnCu, tendo indicação para processos inflamatórios agudos e crônicos.


CIRURGIA PLÁSTICA

A laserterapia ameniza e/ou previne todas as intercorrências comuns no pós-operatório relacionado às cirurgias plásticas. Dentre elas, o previsível processo inflamatório e o prematuro restabelecimento do equilíbrio das regiões agredidas.


QUELÓIDE

Ao acelerar o processo de cicatrização, o laser induz um ambiente desfavorável à formação de quelóides. Entretanto, se o quelóide já está formado, uma outra técnica utilizando a laserterapia, denominada, Terapia fotodinâmica tem se mostrado eficiente na maioria dos casos.


DORES

O laser conseguiu resultados satisfatórios no tratamento de algias crônicas, insolúveis à outras terapias.


DRENAGEM LINFÁTICA

Além de proporcionando os benefícios da drenagem manual, ao irradiar o corpo, o laser restabelece a saúde das células.


CICATRIZES

Quando irradiado pelo laser o reparo das incisões cirúrgicas são visivelmente melhores. O excelente aspecto estético é uma herança incondicional desta terapia. Fatos notoriamente observados nos casos de queimaduras.


MANCHAS e OLHEIRAS

Uma técnica denominada Blue&Red, onde se utiliza as fontes de laser de cores azul e vermelha, tem despigmentado melanoses solares e olheiras.


ENXAQUECA

O tratamento da enxaqueca tensional tem ótimo e prolongado resultado com a laserterapia, considerando seu poder relaxante, antiinflamatório, analgésico e fotomodelador celular.


SINUSITES

Eficiência também em sinusites agudas e crônicas, sob três efeitos terapêuticos do laser, o antiinflamatório, o fotobiomodulador e o imunológico.


ACNES

Sem administração de nenhum medicamento, a acne pode ser tratada pela laserterapia na eliminação das bactérias, na cicatrização das feridas, na remoção das manchas e na produção de colágeno nas seqüelas dermatológicas inestéticas


MICOSES

A terapia fotodinâmica além da eficiência no combate de inúmeros microorganismos responsáveis por diversas patologias como a micose de unha (onicomicose), não induz a resistência microbiana, comuns quando se utiliza fármacos.


NECROSE

Muitos fatores que desencadeiam necrose dos tecidos, são compensados com a radiação a laser. A técnica é segura e natural e exaustivamente pesquisada nos grandes centros universitários.


FERIDAS

A laserterpia tem ganhado um espaço considerável no tratamento das feridas de pé diabético. Esta terapia resolve casos de feridas indolentes que persistem há anos não respondendo aos tratamentos convencionais.


ASMA

Uma nova prática clinica desta terapia está sendo pesquisada para este tipo de doença, trata-se da ILIB. De origem russa seus benefícios são alcançados quando se irradia um vaso sanguíneo por uma hora. Muitos pacientes dispensam medicamentos por meses.

 

DIABETES

Da mesma forma, a ILIB restabelece todos os tecidos que sofrem com o diabetes de forma preventiva e curativa.


NEUROPATIAS

Paralisias faciais, derrames, dormências e muitas outras doenças neurológicas tem indicação para tratamento coadjuvante com a laserterapia.


FOTO REJUVENESCIMENTO

O raio laser na dose certa induz a formação de fibras colágenas da pele, conjuntamente à ativação de sua melhor fisiologia, resultando em uma pele jovem e saudável. É sensível a melhora de sua elasticidade, brilho e tenacidade.

 

 

Ginecologia

 

CERVICITE

– modula processo inflamatório e analgesia.

 

COLPOSCOPIA

– modula processo inflamatório, cicatrização e analgesia.

 

DISMENORRÉIA

– analgesia.

DISPLASIA MAMÁRIA

– analgesia

 

ENDOMETRIOSE

– modula processo inflamatório, cicatrização e analgesia.

 

HISTERECTOMIA, ONCOLOGIA, ETC

– qualquer cirurgia de grande porte requer terapia com laser com a técnica ILIB objetivando processo inflamatório, anti-radicais livres, drenagem linfática, dentre outros, conforme proposto acima.

 

CESARIANA

– cicatrização, estética, kelóide, analgesia, fibrose.

 

MENOPAUSA

– ondas de calor (fogacho)

 

ALGIA VAGINAL e VULVITE

– indicado para fibrose, ativar glândulas lubrificantes, processo cicatricial, analgesia.
ULCERAÇÕES MAMILAR NA AMAMENTAÇÃO – cicatrização, desinflamação, analgesia


CICATRIZAÇÃO UMBILICAL DO RN

– cicatrização

 

VAGINOSE, CANDIDÍASE, HERPES

- utilizando o potencial bactericida da terapia fotodinâmica.


COMPLICAÇÕES RADIOTERAPIA

- regeneração das células e tecidos envolvidos, dor, etc.

 

DORES PÉLVICA, VAGINAL, LOMBALGIA

- o laser trabalha na liberação local e sistêmica de endorfinas. Promove o relaxamento muscular e restabelece a homeostase de todos os processos fisiológicos envolvidos.

 

QUEDA DE CABELO

- além de ativar as células do folículo pilo sebáceo pela deposição da energia da radiação luminosa, o laser promove a liberação do NO, um excelente vasodilatador periférico, e também induz a concentração 300 vezes mais de mastócitos, como se sabe, esta célula tem como uma das ações específicas a ativação das células envolvidas no processo capilar. Este processo resulta no impedimento da queda, no crescimento e no nascimento dos mesmos.

 

PROCESSOS ALÉRGICOS

: a ILIB se mostra muito eficiente nos processos alérgicos, tanto para os de manifestação nas vias aéreas como os dermatológicos.

 



Cirurgia Plastica Pos-Operatorio
Cirurgia Plastica Pos-Operatorio
Dra. Juliana Borges
7833-7244 (Nextel) / 98219-1180 (Tim)

Rua Dr. Diogo de Faria, 1087 - Cjto. 1107
Vila Mariana - São Paulo - SP
(11) 5083-5588